Organizational Memory
(Walsh Ungson)

Centro de Conhecimento

   

Retenção, aquisição, e recuperação da informação em uma organização. Explanação de Organizational Memory de Walsh e de Ungson. ('91)

Índice

  1. Resumo
  2. Fórum
  3. Melhores Práticas
  4. Expert Tips
  5. Recursos
  6. Imprimir

Organizational Memory (Walsh, Ungson)

Que é Organizational Memory? Descrição

O método de Organizational Memory de Walsh e de Ungson é uma técnica que possa ser usada para a retenção, a aquisição, e a recuperação da informação em uma organização.

Walsh e Ungson sugerem que a estrutura da memória organizational pode ser classificada dentro seis da informação de “escaninhos armazenamento”:

  • Indivíduos,
  • Cultura (histórias, modelos mentais),
  • Transformações (os vários processos e procedimentos),
  • Estruturas (papéis dentro da organização),
  • Ecology (situação física da organização), e
  • Arquivos externos (documentação da informação).

A memória Organizational consulta à informação armazenada de uma organização que possa ser usada para decisões atuais. Não é armazenada centralmente, mas é distribuída através das facilidades diferentes onde é retida.
O modelo ajuda a gerente de HRM melhorar possibilidades de uma organização explorar mais melhor seu potencial da memória, dando forma e influenciando a estas posições de memória.

Origem de Organizational Memory. História

Há diversos scholars modernos que publicam o trabalho a respeito da memória organizational. Mas está desobstruído que as origens deste conceito estão baseadas no trabalho de scholars adiantados de vigésimo-século tais como Durkheim e Vygotsky. De acordo com Wexler (2002), a noção da memória organizational origina do trabalho de Durkheim e de seu protégé e foi construída em cima do conceito da memória coletiva. Spender (1996) reivindica que a memória organizational está ligada inextricably ao trabalho de Vygotsky e da teoria social da construção. Oferece o argumento que encaixou social a atividade precedeu o desenvolvimento do consciousness individual (P. 71). Walsh e Ungson (1991) cite o trabalho de março e de Simon (1958), que posit que a memória de uma organização ou de uma instituição pode ser abrigada nas políticas e nos procedimentos. Esta característica da retenção pode também resultar em conseqüências negativas. Walsh e Ungson (1991) cite também o trabalho de Starbuck e de Hedberg (1977), que reivindica que os artifacts estruturados tais como papéis podem fazer o dano a uma instituição, quando perdem seu efficacy sobre o tempo e realmente tornam-se os impediments a mudar.


Uso do modelo de Organizational Memory. Aplicações

  • Recursos Humanos
  • Knowledge Management

Forças do conceito de Organizational Memory. Benefícios

  • Dá um framework simples para guiar esforços da hora em melhorar a gerência de o conhecimento.
  • Permite que as instituições beneficiem-se da informação histórica e dos learnings. Apesar da natureza transiente da sociedade organizational (Berthon, Pitt & Ewing, 2001).
  • Pode servir como umas vantagem de o competidor (Wexler, 2002; Croasdell, 2001).
  • A lata reduz realmente custos da transação (Croasdell, 2001).
  • Pode servir a um papel político nas organizações. Isto pode ter implicações positivas e negativas (Walsh e Ungson, 1991).

Limitações de Organizational Memory. Desvantagens

  • Uma ênfase demasiado elevada na memória organizational pode incapacitar a aprendizagem em uma organização, causando a rigidez e o blindness: as companhias já não observam mudanças nas circunstâncias.
  • A memória Organizational é uma função da idade de uma instituição, do tamanho e do sucesso (Sinkula, 1994; Lukas, Hult e Ferrell, 1996; e Berthon, Pitt e Ewing, 2001).
  • A história prévia pode causar a tomada de decisão habitual e em Single-loop learning (Berthon, Pitt e Ewing, 2001).
  • Os Artifacts tais como papéis e a estrutura organizational, aquela são armazenados dentro da cultura das instituições, podem também transformar-se impediments a mudar (Walsh e Ungson, 1991).

Suposições do modelo de Organizational Memory. Circunstâncias

  • De acordo com Walsh e Ungson (1991), quando você pensa sobre a memória organizational, você deve considerar três fatores críticos: retenção, aquisição, e recuperação.

Fórum de Organizational Memory
  Organisational Memory Blocks Innovation
I have found that memory is always the worst deterrent for accepting new challenges - for welcoming new recruits, new ideas.
Memory is good only for history writers - in an ever changing market environment it is good only for old timers t...
     
 

Organizational Memory Grupo de Interesse Especial


Grupo de Interesse Especial

Organizational Memory Educação & Eventos


Encontre Treinamentos, Seminários e Eventos


Melhores Práticas - Organizational Memory Premium

Expert Tips (ENG) - Organizational Memory Premium
 

Barriers that Hinder Effective Knowledge Sharing

According to Chris Collison, there are seven common barriers or syndromes that hinder effecti...
Usage (application): Effective Knowledge Sharing, Pitfalls to Avoid, Knowledge Management Implementation
 
 
 

Strategies to Change Employee Habits, Hearts and Heads

According to J.E. Kee and K.E. Newcomer ("Why Do Change Efforts Fail? What Can Leaders Do About It?", The Public Manager, Fall 2008), the key to chang...
Usage (application): Changing Organization Cultures
 
 
 

How to Identify and Map Knowledge

In his article “Knowledge Mapping: The Essentials for Success”, Wesley Vestal provides following six tips to identify and map knowledge:
1. Defin...
Usage (application): Knowledge Identification, Knowledge Capturing, Knowledge Storage
 
 
 

Pitfalls and Best Practices in Culture Change

According to Jon Katzenbach and Ashley Harshak ("Stop Blaming Your Culture", strategy+business, Spring 2011, Issue 62), following myths of culture cha...
Usage (application): Changing Organizational Cultures, What to DO and what NOT
 
 
 

Critical Activities to Build a Learning Organization

Learning organizations are distinguished because they are undertaking certain activities to foster the internal learning process. Those activities inc...
Usage (application): Implementing Organizational Learning, Best Practices
 
 
 

Knowledge Management Scope

Research by Deishin Lee (HBS) and Eric Van den Steen (MIT) shows that recording mediocre know-how can actually be counter-productive, since such medio...
Usage (application): Knowledge Management, Level of Know-how
 
 
 

Knowledge Management Focal Point

Research by Deishin Lee (HBS) and Eric Van den Steen (MIT) shows that information about successes is typically more useful than information about fail...
Usage (application): Knowledge Management Focus
 
 
 

PROs and CONs of a Strong Corporate Culture

Implementing a significant change is generally easier when the corporate culture is not strong. By strong Corporate Culture is meant that values an...
Usage (application): Corporate Culture Change, Change Management, Organizational Change
 
 

Recursos - Organizational Memory Premium
 

Notícias

Organizational Memory
     
 

Notícias

Knowledge Management
     
 

Vídeos

Organizational Memory
     
 

Vídeos

Knowledge Management
     
 

Apresentações

Organizational Memory
     
 

Apresentações

Knowledge Management
     
 

Mais

Organizational Memory
     
 

Mais

Knowledge Management
     

Compare com Organizational Memory: Bridging Epistemologies  |  SECI model  |  Knowledge Management (Collison & Parcell)  |  Five Disciplines  |  Organizational Learning  |  Sistemas Mechanistic e orgânicos  |  Action Learning  |  Levels of Culture  |  Changing Organization Cultures  |  People CMM  |  MÁGICA


Retorne a o centro de a gerência: Recursos Humanos  |  Conhecimento e Ativos Intangíveis


Mais Métodos, Modelos e Teorias de Gestão

Special Interest Group Leader

Seu nome aqui


Sobre o 12manage | Publicidade | Link para nosso website | Privacidade | Condições
Copyright 2016 12manage - O caminho mais rápido para o sucesso executivo. V14.1 - Última atualização 1-10-2016. Todas as marcas são registradas por seus donos.